7 mentiras que você ouve sobre fechaduras digitais

Pensar continuamente em melhorar a sua vida e a sua segurança por meio de nossas soluções digitais é nossa grande paixão! Para desenvolver os produtos que chegam até você, o nosso time de engenharia e suporte precisa, antes de tudo, entender as suas necessidades. E, por este motivo, nós sabemos bem o que a maioria das pessoas ouvem e lêem enquanto estão pesquisando para comprar as suas fechaduras digitais.

Falamos com os nossos consultores e elencamos aqui alguns dos mitos mais comuns que eles desmistificam diariamente sobre este incrível produto:

destaque_fechaduras digitais

1) A fechadura digital não é segura. MENTIRA!

A fechadura digital é tão segura quanto uma fechadura convencional, podendo trazer até mais segurança porque o usuário não necessita mais de chaves para abrir suas portas. Quem nunca passou por uma situação em que perdeu suas chaves? Além disso, ela também agrega muita conveniência para o seu cotidiano.

Assim, não existe mais o risco de esquecer as chaves ou escondê-las quando precisar compartilhar com alguém.

Com a fechadura digital, você abre a sua porta por senha, cartões, biometria ou até mesmo por aplicativo de celular (se você tiver também o sistema Yale Connect). 

2) É necessário instalar fiação elétrica dentro da porta. MENTIRA!

Apesar de ser um equipamento eletrônico, a fechadura digital não necessita de nenhum tipo de instalação elétrica na porta, já que funciona com 4 pilhas alcalinas AA, facilmente encontradas em um grande número de estabelecimentos comerciais.

Não se preocupe com relação à autonomia das pilhas, pois ela é alta: no caso de fechaduras em conectividade é de aproximadamente 01 ano com 10 acessos diários.

3) Quando as baterias se esgotarem, não terei como abrir a minha porta. MENTIRA!

Não há risco algum das pilhas se esgotarem e você não notar, pois as fechaduras digitais da Yale emitem aviso sonoro com bastante antecedência e você terá tempo para comprar as pilhas e substituí-las.

E mesmo que as pilhas se esgotem e você não consiga agir a tempo, as fechaduras digitais possuem sistemas de abertura de emergência, que variam conforme o modelo:

• chave mecânica de emergência
• alimentação de emergência via mini USB
• ou bateria de 9V

4) A Fechadura digital não pode ser instalada exposta ao tempo. MENTIRA!

Esta era uma verdade até pouco tempo atrás. Porém, a Yale acaba de lançar a fechadura digital YDD 120 que pode ser instalada em locais com incidência de sol e chuva.

Para saber mais detalhes sobre esta fantástica tecnologia, clique aqui.

5) Preciso trocar a minha porta para instalar a fechadura digital. MENTIRA!

Para a maioria das fechaduras digitais será necessário efetuar ajustes na furação existente. No caso dos modelos com máquinas trinco rolete, como a YDF 40 RL, a instalação se torna bem mais fácil e rápida.

O mecanismo padrão ABNT 14913 se encaixa perfeitamente na porta atual, necessitando apenas uma furação para o perfeito encaixe da parte externa de sua fechadura digital.

6) A fechadura digital é frágil. MENTIRA!

É importante saber que as fechaduras digitais da Yale são cuidadosamente projetadas com o objetivo de ampliar a sua segurança e a sua tranquilidade, portanto, são produzidas com materiais e mecanismos resistentes e duráveis, com alto padrão internacional de qualidade!

7) Não existe fechadura digital para portas de correr. MENTIRA!

Portas de correr requerem um tipo específico de mecanismo, chamado “bico de papagaio”. Até pouco tempo, não existiam fechaduras digitais com este tipo de máquina. Mas esta foi outra grande inovação da Yale em 2020: a YDF 40 BP, um dos mais recentes lançamentos para portas de correr.

Além de portas de correr, a Yale possui fechaduras digitais específicas para outros tipos de portas, como as vidro e as pivotantes. Clique aqui e saiba mais!

Esperamos que, após ler este artigo, você possa ter tirado algumas dúvidas sobre este produto que, com certeza, pode revolucionar a sua vida diária, trazendo mais praticidade, comodidade e segurança!

2021-04-01T16:37:01-03:00
Ir ao Topo